quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

[Resenha] Noites de Verão

 “Foram caminhando. Conversando sobre as coisas mais diferentes, sem se quer se tocarem. Até que chegou a escadaria. Um beco do caminho. Estreito e escuro que parecia ter sido colocado ali propositalmente. Enquanto iam descendo as escadas, ela escorregou. Ele segurou. Pronto o mundo parou.

 Da mão estendida segurando ela, o abraço. Do abraço apertado, o beijo. Do beijo quente e molhado, a chuva. Sim, aquela chuvinha de verão. Que mal molha, mas refresca. Que te dá uma sensação de alegria.

 Foi assim que se amaram. Pela primeira e única vez. Na escadaria do beco, há luz da lua e com a chuva lavando suas almas.”

Trecho do conto Noites de Verão
 Sinopse: Uma mulher que só pensa em casar, uma pessoa que se sente marciana, encontros, desencontros e reencontros de amor, um homem que se sente atraído por uma mulher, uma mulher que se apaixona novamente pelo colega de escola, alguém que é traído, alguém que está apaixonado e alguém que sente uma saudade infinita. 

 Sentimentos, palavras, alucinações , sonhos e vontades. Medos, loucuras, desejos, poesia, prosa, causos, lágrimas e amor.

 Misturou todos os ingredientes? Então agora abra o livro e saboreie. Noites de Verão é uma coletânea dos melhores contos e crônicas do blog Causos & Prosas.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


Resenha


 Já fiz resenha de outro livro da autora (Sexo Virtual, Amor Real) A Luísa escreve super bem, é uma narrativa super gostosa, você vai lendo e querendo cada vez mais.
 O livro é dividido em duas partes, primeiro os contos e depois as prosas. Eu posso, com toda a certeza, afirmar que todos os contos foram ótimos mas o que eu posso dizer que mais gostei foi O Encontro.


" O encontro impossível aconteceu. Anos mais tarde no aeroporto, na ilha do Governador. Enquanto o avião se aproximava com a vista deslumbrante das primeiras horas da manhã na Baía de Guanabara, ela se lembrava da última vez que tinha estado ali e, por um segundo, seu coração acelerou "Bobagem", pensou. "


 Neste conto, lemos a história de duas pessoas que se conheceram por acaso no aeroporto. Ela procurava um lugar para sentar. Ele convidou. Ela aceitou. Ela deu seu número para ele em um papel de guardanapo. E após dez anos se reencontraram.

" Ela vinha, ele ia. Se esbarraram por acaso na banca de revistas. Ela comprava uma revista politica, ele uma playboy. Sem querer trombaram. Ele pediu desculpas sem prestar atenção. Sem levantar a cabeça, ela disse: "Não fonada". "

 Após dez anos os dois se encontram na banca do mesmo aeroporto, sem querer se esbarraram duas vezes e não se reconhecem.

" A voz que ecoou no tímpano dele fez seu coração disparar e suas mãos suarem frio. Lembrou da última vez que havia sentido isso. Olhou rápido, mas ela estava de costas. "Só porque estou aqui meu inconsciente está tentando me pregar uma peça", pensou ele ingenuamente. "


" Dirigiu-se ao caixa, ela parou na fila atrás dele. Achou familiar o jeito do moço da frente, mas nem perdeu tempo em associar ao presságio que sentira no momento em que o avião pousara. Ele pegou e ia sair, quando novamente a empurrou. "


" Virou-se para pedir desculpas outra vez, e seus olhos pararam atônitos, imóveis no que estavam vendo. Ela mal conseguiu pensar, naquele momento só conseguia enxergá-lo, mas parecia que estava vendo. Ele sorriu e a cumprimentou. Ela não sabia se o abraçava ou se sentava a mão em sua cara. Dez anos! Dez anos que não se viam, que não tinha noticias dele. "

 Os dois não acreditaram que se reencontraram apos dez anos. Mais a dúvida estava a matando, então resolveu perguntar: Por quê você nunca ligou?

" Perdi o guardanapo. Foi só o que ele disse. Ambos deram risadas. Trocaram beijos e abraços, juras e promessas, e voltaram ao aeroporto. "


 E a história, se repetiu...


" O voo dele foi anunciado. Despediram-se. Ele saiu. Ela pegou um táxi. Ele pensou: "Não peguei o telefone dela". Ela sorriu: "Mais uns dez anos e encontro ele de novo". "

 O livro é muito bom de ler, é bem curtinho, consegue-se ler em menos de um dia.
 Conheça outras obras da autora:
* Sexo Virtual, Amor Real
* Amar Só Se Ama Uma Vez



Avaliação


Capa: 3/5
Diagramação: 2/5
Escrita: 5/5
História: 5/5
Livro em geral: 5/5

 Já leu? Está lendo? Quer ler? Comenta aqui em baixo que eu responderei todos!
 Beijos! 💋




10 comentários :

  1. Parabénss pela mudança no blog, ficou show!
    Eu já tinha lido o livro Sexo Virtual e Amor real,
    São ótimos... agora o livro Noites de verão eu ainda não li.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, fico feliz que tenha gostado! Volte sempre ao blog.

      Beijos! 💋

      Excluir
  2. Ju, tenho que agradecer a oportunidade de mostrar meu trabalho e a paciência em me ler! Obrigada pelo carinho sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma honra para mim ler suas obras, são maravilhosas!

      Beijos! 💋

      Excluir
  3. Que Linda a história!
    Me interessei para ler o livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro vale muito a pena, amei ler esta obra!

      Beijos! 💋

      Excluir
  4. Linda a resenha... Me despertou a curiosidade!
    O seu blog tá lindo!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Que bacana eu não conhecia esse livro!
    Li a resenha e pretendo ler o livro, vc escreve muito bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo, para comprar o livro entre em contato com a autora Luisa Aranha.

      Beijos! 💋

      Excluir